MENU

A síndrome de Miriã

Miriã precisava aprender a lição de que é Deus quem nos usa e não o contrário.


A síndrome de Miriã
A síndrome de Miriã

E falaram Miriã e Arão contra Moisés, por causa da mulher cusita, com quem casara; porquanto tinha casado com uma mulher cusita. E disseram: Porventura falou o Senhor somente por Moisés? Não falou também por nós? E o Senhor o ouviu. E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra. E logo o Senhor disse a Moisés, a Arão e a Miriã: Vós três saí à tenda da congregação. E saíram eles três.

Então o Senhor desceu na coluna de nuvem, e se pôs à porta da tenda; depois chamou a Arão e a Miriã e ambos saíram. E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele. Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa. Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do Senhor; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés?
Assim a ira do Senhor contra eles se acendeu; e retirou-se.

E a nuvem se retirou de sobre a tenda; e eis que Miriã ficou leprosa como a neve; e olhou Arão para Miriã, e eis que estava leprosa. Números 12:1-10

A Bíblia é na verdade um livro impressionante. Ela é capaz de interpretar e revelar os mais profundos sentimentos da alma do ser, ainda que este ser seja a irmã de uma das figuras mais proeminentes das Escrituras Sagradas, Moisés.

Miriã foi fundamental na salvação do pequeno Moisés quando, colocado em um cesto betumado ficou entre os juncos correndo o risco de ser devorada pelos crocodilos do Nilo. Foi ela quem direcionou-o à praia da filha  de Faraó. Ela se apresenta e traz uma solução para a criação do bebê “NEMOSIS” (aquele que foi gerado pelo deus Nê = deus das águas).

O tempo passa, agora Israel já está a caminho da Terra Prometida. Miriã  é uma Profetiza, mulher a quem Jeová com certeza usava com poder:

“Então Miriã, a profetisa, a irmã de Arão, tomou o tamboril na sua mão, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris e com danças. E Miriã lhes respondia: Cantai ao Senhor, porque gloriosamente triunfou; e lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro.”  Êxodo 15:20,21

Moisés, por sua vez já é um senhor maduro e casado com uma mulher Cuxita (Negra) chamada Zípora.

Em Gênesis capítulo 10, encontramos os descendentes de Noé, que iniciaram o povoamento da Terra. Sem, Cão e Jafé. Os eruditos são unânimes, que estes três deram origens aos seguintes povos: Sem – Origem aos Árabes e Israelitas – Morenos;
Cão – Que logo depois gerou a Cuse ou Cuxe, deu origem a raças coloridas, amarelas e escuras, os povos da África, Egito, Etiópia.

Jafé – deu origem aos povos caucasianos. (Brancos)

Zípora não foi uma mulher com tanta projeção escriturística, pois ela é muito pouco citada no Antigo Testamento, entretanto as poucas vezes que aparece deixa transparecer a mulher de fibra e aguerrida que era.

Era a filha mais velha de um Sacerdote em Midiã chamado Jetro ou Reuel, era uma pastora. Mulher forjada nos áridos campos do Sinai.

Foi dada como esposa a Moisés e deu-lhe dois filhos Gerson e Eliezer, fazendo com que se entranhasse mais ainda na vida do Libertador de Israel.

Êxodo 4.24 – 26 registra Jeová indo de encontro a Moisés para mata-lo. Zípora sente a aflição do marido e com astúcia e ousadia livra-o da morte

Em Êxodo 18 ela sai de cena, mas não por irresponsabilidade, com certeza para ajudar no sustento de sua parentela, cooperando com seu pai e sua velhice, pois era a filha mais velha. Enfim, Zípora era uma mulher notável.

Sem motivação alguma, um dia Miriã fica indignada pelo fato de Moisés ter se casado,  com uma mulher negra, Zípora. Sua insatisfação sai das raias da descriminação racial e evolui para o questionamento da Liderança do irmão Moisés.

Percebemos que seus desarranjos étnicos eram apenas uma desculpa para que ela destilasse todo o seu ódio de insubmissão que por  anos a devorava.

A razão de Miriã tem sido a mesma razão dos insubordinados de hoje:

“- Por acaso Deus só fala por Moisés?”

“- Não falou também por nós?”

Em outras palavras Miriã era aquele tipo de crente que vivia de passado, um profeta velho. Não entendeu que tudo em nossa vida tem uma duração, um propósito, um tempo.

A Bíblia é enfática em dizer que Miriã fora profetiza, mas agora é o tempo de Moisés.

Miriã precisava aprender a lição de que é Deus quem nos usa e não o contrário.

Miriã vai entender da pior maneira que  Deus usa a quem Ele quer, da maneira que quiser, onde quiser, na dimensão que quiser, e o que ela tem a ver com isso?

É triste perceber como esta síndrome é recorrente em nossos dias. Alguns crentes entraram pelo mesmo caminho da inveja e ostracismo, foram contagiados pela Síndrome de Miriã.

Não fazem mais, não profetizam mais, não querem mais se dedicar ao glorioso ministério que um dia receberam, contudo tem raiva de quem faz. Não perdem a oportunidade de esguicharem suas peçonhas mortíferas sobre o ministério alheio. Vivem debaixo daquele adágio: “ Eu não faço e ninguém fará também!”

Miriã ficou leprosa, e, não fosse a intercessão de Moisés teria morrido.

Todo líder precisa entender que nossa vida ministerial pode passar por três fases:

Fase 1 )  Ministério Água, época do início, do aprendizado, nossas atividades ainda não tem uma identidade forte, o nosso sermão é aguado e o nosso estudo sem sabor.

Fase 2 )  Ministério Vinho, alcançamos a maturidade, tudo o que fazemos na obra tem um sabor especial, nossas agendas são concorridas, convites para ministrar em todo o Brasil e Exterior, nossas mensagens tem personalidade e sabor inigualável, é o ápice do Ministério

Fase 3 )  Ministério Vinagre, ou Síndrome de Miriã, quando ninguém nos suporta mais.

Que o Senhor nos livre da Síndrome de Miriã.



Armando Taranto Neto

Armando Taranto Neto

Articulista, mestre em sociologia da religião, graduado e pós-graduado em teologia bíblica. Pastor auxiliar na AD Mutua - RJ. Contato para ministração e estudos bíblicos: [email protected]


Deixe seu comentário!