Casamento: que o dinheiro nunca os separe

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”. 1 Coríntios 13:4-7


Casamento: que o dinheiro nunca os separe

Caros irmãos,

Hoje vou falar sobre a relação existente entre o casamento e a vida financeira das pessoas. Apesar do que se diz, “que o que Deus uniu, nenhum homem separe”, tenho visto muitas pessoas se separando, o que vai contra os princípios da religião. E o que mais me preocupa é que o motivo da separação, em muitos casos, é o dinheiro.

Acredito que esse problema tenha início antes mesmo da consumação do matrimônio, passando por tudo que ocorre antes do casamento: a falta de diálogo. Hoje em dia as pessoas tomam decisões impulsivas e desistem rapidamente do que planejaram, esquecendo que aos olhos de Deus o matrimônio deve ser um só e para a vida toda.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Sei que falando assim corro o risco de ser criticado por grande parcela da sociedade, já que muitos dão as costas para os valores religiosos e se deixam levar por questões muito menos importantes que a fé e o amor, como é o caso do dinheiro. É justamente por isso que a questão financeira não deve ser deixada de lado, os casais devem conversar abertamente sobre a organização das finanças. Afinal, essa é uma das principais causas de discussão e até separação atualmente.

Não quero aqui dizer que existe um caminho exato, cada relacionamento tem suas particularidades. O casal apenas deve decidir de que forma se organizará – como vai pagar as contas, quanto cada um vai depositar para investimentos, etc. – e ter disciplina para cumprir o acordo. Conversar é o verdadeiro segredo para não sair dos rumos.

É importante sempre pensar nos objetivos individuais e comuns do casal, como a casa própria, o carro ou ainda a viagem de lua-de-mel. Todos os aspectos de cada sonho devem estar minuciosamente estabelecidos e orçamentados.

Alcançar a independência financeira também é um objetivo extremamente importante, que deve estar na lista dos sonhos de longo prazo. Com ela, além de garantir uma vida mais estável, é possível planejar uma aposentadoria tranquila. Enfim, temos que ter fé no amor e acreditar que ele vai se perpetuar, mas que para tanto temos que estar alinhados tanto na busca pela fé como no desenvolvimento financeiro e individual.



Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos

Educador e terapeuta financeiro, presidente da DSOP Educação Financeira, Abefin e Editora DSOP, autor do best-seller Terapia Financeira, dos lançamentos Papo Empreendedor e Sabedoria Financeira, entre outras obras.


Deixe seu comentário!