Devo satisfações do meu namoro?

Olá pessoal! Esta semana queremos iniciar parabenizando o casal Mateus Arcanjo e Carolina Barros que tem construído uma linda história...


Olá pessoal! Esta semana queremos iniciar parabenizando o casal Mateus Arcanjo e Carolina Barros que tem construído uma linda história de amor que completou recentemente 4 anos. Um casal jovem, mas com foco, estão buscando o casamento. Palavras de Carol “Quando eu digo que te amo, não digo por força do hábito, falo pra te lembrar que você é a melhor coisa que me aconteceu.”

Ao final desta página, você encontrará nossos artigos anteriores que edificarão seu relacionamento. Visite também nossa página www.ministeriodenamorados.com

Esta semana traremos de uma questão que tem incomodado muita gente. Quem não tem uma vizinha chata e zoiúda que fica na janela olhando a vida dos outros e lançando aqueles comentários maliciosos? Ah, e quando se trata de nós, aí que a raiva sobe! E quando se metem a tecer comentários sobre nosso namoro… aí o bicho pega. Mas amados, somos cristãos! Qual árvore frutífera não é alvo de pedradas?


  Professor ensina a cantar afinado em 61 dias


Geralmente os casais de namorados tendem a enxergar o relacionamento como algo que só compete aos dois. É comum vermos reações do tipo “o que ele tem haver com isso?”, “não tô nem aí para o que vão pensar da gente”, “eu não posso pautar minha vida na opinião dos outros”, “tô de consciência limpa, sei o que estou fazendo”.  Qual é, então, o grande erro nesta postura?

O EQUÍVOCO EM ESQUECER-SE DO DEVIDO TESTEMUNHO

Quando Cristo nos chamou, foi para fazer a diferença. Quando Ele subiu ao monte, nos ensinou, dizendo: “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte”. (Mateus 5:13-14)

O que meu namoro tem com isso? Vocês que vão decidir. Se for um relacionamento que não se difere do que acompanhamos no mundo, então será mais um sal de namoro insípido, que não serve para nada.

Mas não foi para isto que Deus uniu vocês. Este namoro foi sonhado para fazer a diferença em uma geração devassa e promíscua, onde o prazer é o senhor. Vocês foram chamados por Deus para que seu namoro seja a oportunidade de iluminar a escuridão que assola os relacionamentos e revelar os planos de Deus para àqueles que decidirem confiar Nele e obedecer aos seus mandamentos.

Então fica mais nítido, que as consequências desse namoro não recairão apenas na vida de vocês, mas de todos aqueles que os observam. Sim, vocês estão, mesmo sem saber, em um grande Big Brother da vida real. Muita gente vem observando as atitudes, o comportamento e o desenrolar do seu namoro e com inúmeras expectativas. Primeiro o mundo fica confuso: como é possível namorar deste jeito? Como conviver com alguém que sentimos atração e não dormir com ela? Por que decidiram abrir mão dos prazeres de algo tão prazeroso? O que os move a tomar estas decisões? Como se manter fiel? Será que vai dá certo? Por que vocês são tão diferentes da maioria dos relacionamentos? Será que vocês são realmente deste mundo? Será que não há tesão entre vocês?  Perceba quantas perguntas e que desafio se coloca para nós. A maioria dessas perguntas nem ao menos é verbalizada, mas estão bem presentes na cabeça fervilhante de quem observa vocês.

Percebeu agora porque foram chamados para ser luz deste mundo? Não é um chamado qualquer. Sal e Luz são indispensáveis à vida humana. O mundo está em trevas e através do testemunho de vocês, vidas podem ser salvas da tragédia familiar que assola esta terra. Por isso, lute, resista, faça um voto com Deus de que não irão envergonhá-LO nesta jornada.

Mas se cair? Levante, se arrependa e prossiga rumo ao Alto. Ele quer abençoar a vida e o relacionamento de vocês por que os ama e sabe o potencial revolucionário que o testemunho de vocês pode provocar no mundo. Creiam é possível!

Então, Deus pode contar com vocês?

Antes que você se desanime não olhe para suas fraquezas. “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. (João 16:33). Vocês não estão sozinhos nesta jornada. Tenha certeza que “nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor”. (Romanos 8:38-39).

Agora percebe que a responsabilidade ficou ainda maior? Mais responsabilidades, mais dificuldades, maiores também serão as bênçãos que hão de vir na vida de vocês.

Agora vai ficar mais fácil entender que:

“Abstende-vos de toda a aparência do mal” – (I Tessalonicenses 5:22)

Abster quer dizer, deixar de fazer algo. Neste sentido, você deve abrir mão de fazer aquilo que possa ter alguma aparência do mal. O que é aparência? O que se mostra à primeira vista; a exterioridade, um aspecto que lembra, que parece ser. Mas se não for o mal? Se tiver aparência, mesmo assim você deve deixar de fazer. Parece radical né?! Mais é radical mesmo. A Bíblia não tem meio termo, por mais bem intencionado que você esteja fazendo algo, se achar alguma aparência de mal nisto, você deve está vigilante para se abster, dizer Não!, mesmo com aquela vontade de dizer sim. É o preço do testemunho que todo cristão tem que pagar.

Logo então vai concordar que não dá pra ficar sozinhos em casa, sem ninguém, afinal se alguém passa ou sabem que vocês estão lá, sozinhos, não vão achar que estarão jogando dominó ou lendo a Bíblia né? Alguns se defendem alegando que a maldade está na cabeça das pessoas, mas vocês vão concordar que qualquer casal do mundo, quando estão a sós, ficam mais a vontade de fazer coisas que não fariam às vistas de alguém. O mesmo deve ser observado para aquelas inocentes viagens a dois, ao namoro dentro do carro, no quarto com as portas fechadas, no cineminha na ultima fileira e bem no cantinho que ninguém consegue ver, e tudo aquilo que sugere aparentar o mal. Difícil né?! É o preço! Lembre-se que quando casados terão toda a liberdade que agora vocês não têm. Este dia vai chegar. Chegou para nós, por que não chegará para vocês?

Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor. (2 Timóteo 2:22)

Quando Paulo orientado por Deus manda fugir, é pra fugir mesmo. Com fogo não se brinca, então nada de ficar margeando o abismo, pois fatalmente irá cair. Ninguém cai no pecado sexual de uma hora para outra. Aos poucos vão sendo feitas concessões. “Que nada! Bobagem! Nada a ver” – de lasquinha e lasquinha, mais quente, mais difícil de resistir e se chegar na cama, não tem mais volta. Então o melhor é fugir. Uma observação: cair no pecado para o cristão é desastroso em todos os aspectos. Algum cristão carrega camisinha na carteira? Se carrega, tem que se converter! E se cair, estará em apuros. O que fazer então? Previna-se, fuja das situações que fragilizem vocês, radicalize negando sua vontade e tome uma pílula anticoncepcional chamada Santidade. Esta não falha! Será fácil? Sabe nada inocente! Mais é possível afinal “Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar”. 1 Coríntios 10:13.

Quando fala em paixões, neste caso, ele fala em tudo aquilo que se contrapõe a justiça (aqui entendida como retidão), ao amor, a paz e a pureza de coração. Paixão é tudo aquilo que nos excita, que nos leva a ficar vulneráveis que nos leva a pecar e desagradar a Deus.

Casal de namorados cristão

NÃO DEFRAUDE SEU NAMORADO(A)

Por mais que você ame, que tenha a certeza que viverão por resto da vida, que seja de Deus, você não deve esquecer que por enquanto o NAMORADO e até mesmo NOIVO, não é seu. Por isso não pode tocar. Não houve ainda a união que só o casamento pode proporcionar. No casamento não deve haver recusas, afinal até o corpo não pertencerá mais a você. ( I Co 7:4)

Não defraude algo que não é seu, afinal terá que prestar contas de ter tocado em algo de Deus, sem a permissão Dele. Defraudar é excitar, ou despertar desejos sexuais na outra pessoa de formas diversas e que maldosamente não poderão ser satisfeitos. Carícias são formas de defraudação! Que chato? Este é o preço a pagar por aqueles que decidiram servir a Deus.



Gustavo e Myllene

Gustavo e Myllene

Gustavo Mercês e Myllene Ramalho, são casados e líderes do Ministério de Namorados da Igreja Batista Missionária da Independência em Salvador-BA. Gustavo é Relações Públicas e Historiador. Já Myllene Ramalho é Assistente Social. Ambos estão no Ministério de Namorados desde 2012.


Deixe seu comentário!