É hora de honrar o voto

Prazeres alimentados pela usura, a cobiça, a ganância, por bens, dinheiro ou poder, têm vindo a público.


É hora de honrar o voto

O Brasil vive um momento novo em sua história. Chegaram os dias em que, quem errou, paga pelo erro, ainda que o pagamento seja a prisão e o sentenciado pertença às altas rodas da política ou do empresariado.

Prazeres alimentados pela usura, a cobiça, a ganância, por bens, dinheiro ou poder, têm vindo a público. Só que agora, além da indignação, no limite da raiva e do ódio, o povo tem visto providências para punir aqueles eleitos que fizeram do mandato público um manto protetor de suas negociatas.

Chegou a vez do Congresso, dos parlamentares eleitos com o nosso voto, referendarem, sem benesses, sem exceções, o que o povo tem mostrado que busca: uma lei igual para todos; e a Justiça para julgar a razão de cada um que, quando acusado, se diz inocente.


  Programa que ensina a Bíblia vira febre na Internet


Em Salmos 10:18, vemos claramente na Palavra que ninguém pode nem estará acima da Justiça, pois se isso acontecer, instala-se o terror e a impunidade.

Defendes o órfão e o oprimido, a fim de que o homem, que é pó, já não cause terror.

Também em Provérbios 31:9, quando temos o conselho de uma mãe a seu filho, que era juiz:

Dá instrução ao sábio, e ele se fará mais sábio; ensina o justo e ele aumentará em entendimento.  

É o momento de os parlamentares honrarem o voto que receberam.



Robson Rodovalho

Robson Rodovalho

Presidente mundial do Ministério Evangélico Sara Nossa Terra, físico, teólogo e autor de mais de 70 livros relacionados a temas como batalha espiritual, quebra de maldições, espiritualidade e física quântica .


Deixe seu comentário!