Eu ainda acredito (Jeremy Camp)

Como a maioria das pessoas, antes eu tinha a impressão ao ver um artista cantando ou tocando lá em cima...


Como a maioria das pessoas, antes eu tinha a impressão ao ver um artista cantando ou tocando lá em cima de um palco ou púlpito, pensava que aquela pessoa com certeza não tinha tantos problemas como eu e que teve uma vida bem mais fácil que a minha. Creio que essa é a imagem que institivamente temos quando vemos alguém em destaque, quer seja cantor, ator, pastor, etc.

Quem já ouviu o Cantor Jeremy Camp com certeza não imagina que muitas de suas canções foram compostas em meio a lutas e provações das quais nem imaginamos.

Quando Jeremy Camp ainda era completamente desconhecido, não havia gravado nenhum CD, nessa época ele fazia parte do ministério de louvor da faculdade onde estudava, e foi nessa época que ele conheceu Melissa e o próprio Jeremy disse “eu admirava essa mulher que claramente amava a Deus”, e cedo começaram a namorar…

Porém o que parecia ser mais um daqueles contos de fadas que você já deve ter ouvido na igreja sobre casais, se tornou uma prova de fé e que levaria Camp a passar a maior parte do seu tempo sentado ao lado de uma cama de hospital.

Após seis meses que Camp e Melissa estavam juntos ela foi diagnosticada com câncer, durante uma noite no hospital Melissa disse que não tinha medo de morrer, mas que gostaria que pelo menos uma pessoa viesse conhecer a Cristo através de sua morte, Camp teve um impacto muito grande porque era tudo o que ele não esperava ouvir naquele momento. Saindo dali Camp disse a Deus “se você quer que eu case com ela, então me casarei Senhor”.

Cinco meses depois a saúde de Melisa melhorou e os dois finalmente se casaram, e seria maravilhoso se a historia acabasse aqui, porem ainda na lua de mel Melissa se sentiu mal e no hospital ficou sabendo que o câncer havia voltado com força e que ela teria apenas alguns meses de vida.

E durante os meses seguintes Jeremy Camp passou os dias no hospital ao lado de Melissa, fazendo o que fazia de melhor, cantar suas musicas e foi nesse período que ele compôs boa parte das musicas das quais mais tarde viriam ser gravadas e ser ouvidas por milhares de pessoas, porem nesse mesmo período Camp disse: “descobri que a musica não era a coisa mais importante pra mim, mas sim o que eu poderia fazer com a ela, musica não é minha vida, minha vida é Cristo”.

Após a morte de Melissa ele escreveu a canção “I Still Believe” (Eu ainda acredito) que fala das lutas que enfrentou ao lado da esposa, gravou seu primeiro álbum e esta musica foi 1º lugar em todas as rádios, e saiu em turnê e sempre conta a história por trás desta música, e a morte da Melissa. Centena de pessoas tem entregue sua vida a Cristo ao ouvir essa história.

O desejo de Melissa foi realizado! Não apenas uma, mais milhares de pessoas tem tido uma nova vida com Jesus através do testemunho por trás desta canção…

Da próxima vez que ver alguém sobre uma plataforma seja empunhando um instrumento, cantando ou pregando, pense nisso. Ou melhor repense o modo como você o vê.

Até a próxima pessoal!



Naldo de Sá

Naldo de Sá

Locutor de rádio e TV, produtor, DJ, músico, historiador de música cristã, palestrante, locutor das rádios: Bola Rádio Extreme (Programa Classic Hits) e Rede Aleluia. Casado com Sandra de Sá.


Deixe seu comentário!