Filhos – Uma benção que não pode se tornar briga

O seu quarto é seu e do seu marido, a criança não vai ficar traumatizada por dormir no quarto dela


Filhos - Uma benção que não pode se tornar briga

A criança chegou! Parabéns pai e mãe, agora uma nova fase na vida começa para o casal, vou somente dizer uma coisa a vocês, pais, sabem que muitos casais entram em crise de relacionamento nessa fase? Sim, é verdade, num momento feliz com a chegada de uma criança é quando surge um momento crítico no casal.

Primeira coisa, é um ser pequeno que depende de nós nos primeiros dias, meses e anos (alguns para o resto da vida), isso não significa que eles controlam a nossa vida, nem que eles se mudaram para o nosso quarto e, além disso, uma criança não controla a vida do casal.

Existe a vida familiar que engloba filhos, familiares e casa, e existe a vida do casal, inacreditavelmente às vezes algumas mulheres nesta fase deixam de cuidar do esposo apenas para se dedicarem exclusivamente aos filhos, porém, quem vai cuidar do seu marido?

Ponto importante, o seu quarto é seu e do seu marido, a criança não vai ficar traumatizada por dormir no quarto dela, é importante que se ensine que quando a porta do quarto dos pais está fechada, significa que não deve entrar sem bater, a cama dos pais é um espaço para, no máximo, brincar, e não dormir, se a criança adormecer, coloque-a depois na sua cama.

Quando um dos pais estiver educando os filhos, mesmo que a outra parte não concorde, não deve tirar a autoridade na frente deles, depois fale em particular a sua opinião, pois crianças entendem tudo e quando percebem que podem ganhar com as brigas dos pais, algumas aproveitam disso para conseguirem o que querem, vamos ter entendimento em educar os nossos filhos e acima de tudo nos educar como um casal, sendo um só.

Mulheres que foram mães, isso é maravilhoso e é o sonho de quase todas as mulheres, contudo, vocês não deixaram de serem mulheres e esposas, por isso não deixem de se cuidar, arrumar-se para vocês e para os vossos maridos, namorem, beijem e continuem a fazer sexo (depois do resguardo). Muitas mulheres depois de serem mães deixam de existir para apenas passar a pensar exclusivamente nos filhos, esquecem que eles um dia crescem e vão à vida deles, por isso cuide de você e do seu parceiro.

Homens que foram pais, compreensão é uma palavra que devem ter o tempo todo, porque vocês vão dividir o vosso espaço, onde eram cuidados como reis e senhores, com um ser que precisa da sua atenção e da mãe, vocês vão ter de ajudar a esposa, porque criar uma criança não é fácil, experimentem imaginar uma criança chorar uma hora seguida, dá desespero e muita preocupação numa mãe. Brinquem com os seus filhos, toda mãe adora isso e, acredite, depois pode ser compensador, tenha paciência, afinal, o que a sua parceira faz pelo seu filho, a sua mãe também fez.

Um casal um dia entrou na nossa loja porque o seu casamento estava em crise, viemos a descobrir com a nossa consultoria que desde que a filha deles nasceu, que deixaram de dormir juntos, ou seja, há nove anos que os pais dormem separados literalmente, porque a mãe dorme na cama com a filha e o esposo num colchonete no chão, porém, a criança tem o quarto dela. Muitos casais estão nessa situação neste momento, deixam de ter intimidade, o momento e o espaço deles e passam a viver apenas em função dos filhos, isso está errado para a criança e depois para o casal.

Seja feliz no seu casamento!



João e Lídia Ribeiro

João e Lídia Ribeiro

Ajudamos casais em crise no relacionamento com consultoria. Palestrantes sobre relacionamento em igrejas, associações e encontro de casais.



Deixe seu comentário!