A glória da segunda casa será maior do que a da primeira

Mas será que a Bíblia diz mesmo isso?


A glória da segunda casa será maior do que a da primeira

Já perdi a conta de quantas vezes ouvi pregadores sinceros declararem com todo fervor que “A Glória da Segunda Casa Seria Maior do que a da Primeira”.

O intrigante é que esta famosa declaração é utilizada para os mais diversos fins, desde um novo casamento, um novo emprego, uma nova casa (literalmente) ou até mesmo um novo empreendimento ou uma nova cidade onde se vá morar. Encontramos até diversos louvores com essa afirmação. Mas será que a Bíblia realmente traz, em algum lugar, essa assertiva?

Vamos à análise do trecho da Palavra do Senhor que, ao ser utilizado de forma distorcida, dá origem a uma das mais famosas exclamações presente nos púlpitos brasileiros. O texto em comento está em Ageu 2:9, o qual diz o seguinte: A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o Senhor dos Exércitos”. Identificamos, de pronto, que a frase: “A Glória da Segunda Casa Seria Maior do que a da Primeira” está fadada a diversos equívocos. Vejamos:

A sã Exegese nos ensina que devemos entender o contexto histórico em que determinado livro foi escrito, bem como seu estilo literário. No caso em questão, o livro de Ageu trata-se de livro profético, e isto já nos traz à mente que devemos interpretá-lo como tal. Ademais, Ageu escreve seu livro em uma época em que o templo estava sendo restaurado.

Além disso, o termo hebraico traduzido neste versículo como casa – ניח – tem como melhor tradução a palavra: templo.

No contexto do Antigo Testamento, o templo significava o local onde Deus manifestava a Sua Glória, e assim foi com o Templo que Salomão edificou a Deus: “Tendo Salomão acabado de orar, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto e os sacrifícios; e a glória do Senhor encheu a casa. Os sacerdotes não podiam entrar na Casa do Senhor, porque a glória do Senhor tinha enchido a Casa do Senhor. 2 Cr 7:1-2.

 Assim, o significado bíblico de templo, segundo o contexto do Antigo Testamento, no qual o profeta Ageu estava inserido, era o local onde Deus manifestava a sua Glória.

Outro ponto interessante é que o texto bíblico em nenhum momento fala de “segunda” casa, mas sim da “última” casa. Mas por que será? Ora, segundo o real significado do termo “casa/templo”, o profeta Ageu está dizendo que a Glória do último templo seria maior do que a do primeiro.

E é agora que surge o de mais maravilhoso nesse texto: o profeta Ageu estava falando de Jesus Cristo! Esse é mais um maravilhoso texto messiânico do Antigo Testamento. Explico: é que o último e maior templo por meio do qual Deus manifestou a Sua Glória foi Jesus Cristo, e Ele mesmo testificou isso: “Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei”. Jo 2:19. Nesse texto, Jesus estava falando de si mesmo, o que de fato se cumpriu, visto que morreu e ressuscitou ao terceiro dia.

Assim, o último templo, no qual a glória seria maior do que a do primeiro, é Jesus Cristo! Em um momento em que a nação de Israel sonhava com o retorno da Glória de Deus por meio da reconstrução do templo, o profeta traz a maravilhosa mensagem do Senhor de que, na verdade, viria o último templo, por meio do qual a Glória de Deus se manifestaria de forma nunca vista, e esse templo é o nosso Senhor Jesus!

Ao contrário do teor que muitos empregam a esse texto de Ageu, a verdade é que se trata de um texto profético e messiânico, apontando para o nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo.

É muito perigoso o hábito de isolar um versículo específico da Bíblia e inferir interpretações diversas do que aquilo que o texto realmente quer dizer. A Hermenêutica nos ensina que a Bíblia se explica, ou seja, a própria Bíblia traz o significado de suas passagens, por meio de textos correlatos e explicativos.

Queridos irmãos, instituir doutrinas a partir de versículos isolados tem dado origem a muitas heresias, de onde se extrai a máxima: “texto sem contexto é pretexto para heresia”.

Que nosso Senhor nos abençoe e gere em nossos corações a responsabilidade para com o verdadeiro significado das Escrituras.

Grande Abraço,



Hélio Roberto

Hélio Roberto

Casado com Hellen Sousa e pai da princesa Acsa Sousa. Servidor Público Federal, graduado em Teologia e em Gestão Pública, e estudante de Direito. Diácono e Líder do Ministério de Acolhimento da Igreja Batista Cristã de Brasília. Contato para ministração e estudos bíblicos: [email protected]


Deixe seu comentário!