Hey, Neymar, cadê os 100% de vida cristã?

Romanos 6:4 diz que quando estamos em Cristo devemos andar “em novidade de vida”


Hey, Neymar, cadê os 100% de vida cristã?

O mundo todo viu a faixa na cabeça do jogador Neymar dizendo “100% Jesus”. De certa forma, foi uma atitude corajosa dele, pois desafiava as regras do Comitê Olímpico, que proíbe manifestações de cunho religioso. O capitão da Seleção já havia sido criticado pela FIFA por ter usado a tal faixa na celebração da Champions League no ano passado. A reclamação de parte  da imprensa, na ocasião, é que ele estava tentando “impor sua religião”.

Talvez na Europa, onde o cristianismo é hoje mais uma questão cultural que uma profissão de fé, essa demonstração de compromisso seja chocante. Mas no Brasil não é. Infelizmente, a conduta de Neymar o coloca bem longe do que podia se esperar de alguém “100% Jesus”. Eu também não sou, que fique claro, pois reconheço minha condição pecaminosa.

A diferença está no quanto existe de coerência entre o que ele professa e sua conduta fora das quatro linhas. Considerado um dos melhores jogadores do planeta com apenas 24 anos, ele é uma das estrelas da Seleção Brasileira e do Barcelona. Possui milhões de fãs espalhados pelo mundo inteiro. A maioria jovens, que tendem a se espelhar em seus ídolos.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Ao mesmo tempo, está envolvido em um crime fiscal relativos à sua venda do Santos para o clube catalão em 2013. O Ministério Público Federal denunciou o atacante pelos crimes de sonegação fiscal e falsidade ideológica. Além do jogador, também foram denunciados seu pai, Neymar da Silva Santos, e os espanhóis Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu, respectivamente o ex-presidente e o atual mandatário do Barcelona.

No ano passado, a Justiça brasileira determinou o bloqueio de R$ 188 milhões para garantir o pagamento das autuações. Na Espanha, ele e o pai são processados por corrupção pela Procuradoria da Audiência Nacional. A acusação envolve uma suposta fraude contra o fundo DIS.

Pois bem, eles fizeram isso para escapar dos impostos. Mateus 22:21 diz que essa não é conduta certa, pois as palavras de Jesus foram: “Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”. Sendo assim, pagar impostos e obedecer a lei do homem é parte do ensinamento de Jesus.

Além disso, mais de uma vez Neymar teve vídeos e fotos suas divulgados na internet. O jogador aparece em festas regadas de bebidas e mulheres. Ele já tem um filho, Davi Lucca, mas nunca casou com a mãe do menino, a modelo Carol Dantas. Na época ele tinha 19 anos e ela, 17. Juventude e imaturidade não servem como justificativa para pecado.

Para quem deseja ser 100% Jesus, é bom lembrar do alerta de Gálatas 5.19-21, que as obras da carne incluem fornicação, lascívia, bebedices, orgias, e outras coisas semelhantes. Segundo o Novo Testamento, quem pratica essas coisas “não herda o reino de Deus”.

É claro que viver uma vida perfeita diante de Deus é impossível, por isso mesmo que existe a graça divina. Talvez alguns vão me lembrar que existe uma exortação bíblica de não julgar, algo tão usado em nossos dias. Mas a leitura de todo o versículo de João 7:24 esclarece que não devemos julgar “segundo a aparência, mas segundo a reta justiça”.

Sendo assim, apenas vendo a faixa religiosa não posso julgar o compromisso dele com o Senhor, mas sua vida dá indícios de que há problemas sérios.

Ora, essa justiça que a Bíblia fala é claramente posta em diversas instruções sobre o comportamento do cristão, que deveria ser “sal da terra e luz do mundo” (Mateus 5). No mesmo capítulo, ouvimos o alerta de Jesus, que o sal que perde ser sabor “não serve pra nada”.

Não acho totalmente ruim Neymar dizer que é 100% Jesus, mas ele deveria demonstrar isso na sua vida diária.

Acredito que seja muito difícil ter milhões de euros na conta bancária e enfrentar tentações que somente os ricos e famosos entendem. Permita-me, entretanto, lembrá-lo que a vida cristã é uma experiência que se renova a cada dia em nosso relacionamento com Deus e com o nosso próximo.

Romanos 6:4 diz que quando estamos em Cristo devemos andar “em novidade de vida”. Já 1 Timóteo 1:19 admoesta-nos a lembrar que aqueles que rejeitam uma boa consciência, naufragam na fé.

Como brasileiro, gostaria de me orgulhar que além de bom jogador, temos em você um espelho de bom cristão. Não é o caso. Parabéns pela medalha de ouro, mas cabe a pergunta: “De que adianta uma pessoa ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” (Marcos 8:36).



Neto Gregório

Neto Gregório

Vivo pela misericórdia, salvo pela graça.


Deixe seu comentário!