A história da “Maravilhosa Graça”

Amazing Grace é daquelas poucas canções que verdadeiramente podemos dizer que resistem ao tempo, já foram feitas milhares de versões...


Amazing Grace é daquelas poucas canções que verdadeiramente podemos dizer que resistem ao tempo, já foram feitas milhares de versões e regravações, eu mesmo tenho pelo menos umas 200 versões! Todo mundo conhece ou pelo menos já ouviu em algum filme ou seriado, e pra quem acha que ela é apenas uma canção “antiga”, põe antiga nisso! esta canção foi composta em 1779! Uma canção já com quase 300 anos e até os dias de hoje continua sendo cantada e regravada!

Em tempos que se fala tanto em liberdade, lembrei-me de Jonh Newton, o autor desta canção, um homem que trabalhava pra Coroa Inglesa a bordo de um navio que transportava escravos proveniente dos países africanos, estas viagens eram feitas em condições sub-humanas de todas as formas que você possa imaginar, o que para Newton até então era algo “normal”.

Até que certa noite o navio em que ele havia feito inúmeras viagens quase naufragou, deixando-o em profundo terror de morte e com a certeza que se não fosse a “Graça” ele certamente não chegaria vivo, e nem a sua “mercadoria”. Porém, aconteceu algo muito mais assombroso dentro do coração e da alma de Newton, algo mais forte e maior que os momentos de terror a deriva no oceano aquela noite.

Ao chegar à terra firme John Newton decidiu que nunca mais iria transportar ou apoiar o tráfico de seres humano, pois “todos nós só estamos vivos por causa da mesma graça que é derramada sobre a Terra e sobre todos, sem exceção de cor ou raça”.

Após esta última viagem Newton se trancou numa pequena igreja para estudar a Bíblia, onde mais tarde se tornou pastor, porém, sua história não para por aí.

John Newton passou de mercador de escravos a um dos mais ferrenhos defensores da abolição total dos escravos no Reino Unido, e sua luta foi incansável, viajando distâncias enormes e visitando pessoas influentes a fim de conseguir apoio para que seu sonho se tornasse realidade, o de que nenhum ser humano tem o direito de escravizar outro!

Desde que Newton foi impactado pelo poder da Graça de Deus, suas campanhas ganharam um outro sentido, e chegou ao ponto dele entrar no Parlamento Inglês carregando um fecho de correntes e jogando as no chão, como forma de chocar e sensibilizar os políticos da época.

A canção Amazing Grace foi composta por Jonh Newton em meio a este turbilhão de confrontos e lutas, em prol da liberdade, ou seja, da Graça sobre todas as raças e tornou se mais que uma canção cristã, mas um símbolo de luta por justiça e igualdade possível apenas através da Graça de Deus.

E ano após ano vem sendo cantada em mais versões e sendo entoada nas mais diversas situações desde formaturas, funerais, celebrações e principalmente onde se faz necessário clamar por justiça e misericórdia. No Brasil uma das primeiras versões que conheço e foi muito bem adaptada é a do cantor João Alexandre (Maravilhosa Graça).

Aos que ficaram curiosos de saber um pouco mais vai a dica: foi feito um filme com a história de Jonh Newton, infelizmente no Brasil foi lançado com outro nome (Jornada pela Liberdade) o título original é “Amazing Grace” e por isso passou despercebido.

O que faz uma canção ser eterna? Tá aí um mistério difícil de responder. Até a próxima pessoal!



Naldo de Sá

Naldo de Sá

Locutor de rádio e TV, produtor, DJ, músico, historiador de música cristã, palestrante, locutor das rádios: Bola Rádio Extreme (Programa Classic Hits) e Rede Aleluia. Casado com Sandra de Sá.


Deixe seu comentário!