A Vontade de Deus

Que venha o Reino de Deus e seja feita a vontade Dele.


Diferente daquilo “de sempre”, que costumamos ouvir sobre vontade de Deus, vamos meditar nestas linhas deste pequeno artigo, o suficiente para que a leitura seja dinâmica, e ao mesmo tempo, esperando que traga boas reflexões, não só informação, mas a revelação sobre o Reino de Deus e a Sua vontade.  Às vezes não precisamos perguntar “POR QUE isso está acontecendo?”; e, sim, “PARA QUE isto está acontecendo?”. Na verdade Deus está preparando você para viver no centro da Sua vontade.

Que venha o Reino de Deus e seja feita a vontade Dele. Boa leitura!

…………


  Psicólogo ajuda cristãos a vencer o vício da pornografia


Todos os dias da vida, nós, os cristãos vivemos em busca de procurar saber qual é a vontade de Deus. Em meio a esta caminhada alguns se perdem, outros se encontram.

Aqueles que se perderam pelo caminho hoje fazem somente a própria vontade e nada mais e, nesta caminhada, sofrem os abalos das circunstâncias, dos espinhos, das fadigas, das dificuldades criadas, das enfermidades emocionais, quando as mesmas nem deveriam existir.

Hoje perde-se tanto tempo julgando o próximo nas redes sociais, na rádio, na tv, nos salões, lanchonetes e púlpitos de nossas igrejas que não se encontra mais tempo para fazer a vontade de Deus no Reino Dele!! Há tantos rodeios no mundo cristão de hoje, tantos entretenimentos, e, também tantas teologias daqui, tantas vontades dali, tantos interesses dacolá, etc. Tantas dificuldades para obedecer a vontade de Deus, tanta complicação doutrinária nestes dias, tanto ativismo, tanta correria atrás do vento, que o evangelho tem dado espaço para confusão. Acontece que o nosso Deus é de paz.

Por outro lado, há tantas omissões, tantas represas e engessamentos que parece que a igreja parou no tempo e no espaço. Nada se faz, ou então, deixa assim mesmo, sem sal, sem luz, um estágio acomodado, perto da mediocridade.

Aos que já descobriram a vontade de Deus, estes se cansam menos, porque obedecem mais. É o que está escrito: “o obedecer é melhor do que o sacrificar” (I Samuel 15:22)

Jesus ensinou uma oração importante sobre a vontade de Deus.

Ele orou assim: “Pai nosso, que estás no céu, santificado seja o Teu nome; venha a nós o Teu reino…” Através desta oração, Jesus ensinava para que convocássemos o reino dos céus aqui na terra. Não é uma reza. É um clamor! “Pai nosso”, te pedimos que aqui na terra seja semelhante ao céu, um paraíso. ‘Um Dia’ isso vai acontecer: o céu na terra! Este é o desejo Dele desde Adão, Noé, Abraão, Jacó, Daniel, Davi e, definitivamente JESUS!! Está consumado! Ninguém poderá mudar este destino, absolutamente, ninguém impedirá a ação de Deus, ninguém! (Isaías 43:13) e (Jó 11:13).

O salmista Davi, linhagem da qual descendeu Jesus, orou certa vez ao Senhor, Àquele que fizera com ele uma aliança eterna sobre o estabelecimento de Seu reino:

Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração.” (Salmos 40:8).

Davi entendeu exatamente o que Deus queria. Ele se relacionava com Deus, ouvia-o e obedecia a vontade do Rei das Nações. Deus não disse “estude-me ou analise-me”. Ele disse obedeçam os meus mandamentos e os guardem.

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me ‘manifestarei’ a ele. (João 14:21).

Quer saber qual a vontade de Deus? Guarde os seus mandamentos, ame a Deus e ele se manifestará a você!

“Na história, Adão e Eva, se estes, tivessem sido perfeitos e obedientes, as futuras gerações, não haveriam de experimentar a dor, sofrimento vergonha, tragédias, angústias, ódio, ira, inveja, guerras, doenças, morte, AIDS, fome, bomba atômica, holocausto, a queda das torres gêmeas, conflitos no Oriente Médio, terrorismos, e inferno eterno. Tudo isso poderia ter sido evitado pela ‘obediência’ do homem. São as consequências do pecado e da rebelião”.

A mensagem de Deus é sempre sobre o Reino que Ele deseja compartilhar com a humanidade, fruto de sua criação. O Reino de Deus é o tema central da história, da Bíblia e da humanidade. Jesus mencionou o reino de Deus mais de 120 vezes.

O que o mundo precisa não é de comunismo, socialismo, capitalismo, democracia, islamismo, hinduísmo, busdismo, cristianismo, nem de judaismo, etc. O mundo não precisa de sistemas humanos, nem de religião, o que o mundo precisa é da restauração do Reino de Deus na terra. Esta foi, e é a vontade de Deus” (Tom Hess, Venha o Teu Reino, pág. 48, com adaptações )

A vontade de Deus é restaurar o reino Dele na terra! A vontade de Deus é transformar e converter todas aquelas maldições do pecado de Gálátas 5 em verdadeiras bênçãos! Deus é amor. Não existe palavra mais significativa para Ele! Desde a eternidade ninguém pôde ver alguém que trabalha para os outros de forma mais altruísta que Deus.

“Busque em primeiro lugar o reino de Deus, as outras coisas virão em seguida (Mt. 6:33).

Os planos de Deus não serão frustrados

Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.” (Jó 42:2).

Ele lançou o seu planejamento estratégico desde o céu para a terra lá no Gênesis, e não abriu mão disso, ainda que a sua criação (a humanidade) houvesse sempre falhado em sua missão ou traído a confiança do Rei. Não é um planejamento oculto. Os planos de Deus são transparentes, desconfie de coisas ocultas! Através da meditação na Palavra de Deus, todos nós saberemos a vontade Dele desde ontem (Antiga Aliança), hoje, e como o será para sempre (Nova Aliança). Neste plano sabemos inclusive o que ocorrerá em ações futuras, em um Novo Reino de paz, amor e justiça (ler Apocalipse, a parte final de suas estratégias de salvação). Invista o seu tempo na vontade de Deus.

Os planos de Deus não se abalam, não se destroem, não se frustram! Ao aplicar a sua fé constantemente em ações da plena graça de Deus, você não será roubado, nem confundido, nem vilipendiado por nenhum método de corrupção, pois os planos de Deus são incorruptíveis!

Há um provérbio chinês que diz o seguinte: “Se a sua visão é para um ano, plante trigo. Se é para uma década, plante árvore. Mas, se é para sempre, plante pessoas”

Deus não estava preocupado com o trigo, nem com árvores. A preocupação de Deus é somente com VOCÊ!

Meios para manifestar o Reino de Deus e a Sua vontade

O Senhor providenciou todos os meios para o homem ter acesso ao reino Dele. Ele fez alianças eternas e todas as profecias até Jesus foram cumpridas. Os propósitos do reino, os quais foram conhecidos primeiramente pelos judeus, chegaram até nós! A história, a Palavra de Deus, a Cruz, o Evangelho, os testemunhos, são meios pelos quais Deus passou a se revelar ao homem a fim de reconciliá-lo com Ele.

Cremos neste plano pela fé. JESUS veio à terra para cumprir a vontade do Pai. Veja o que Ele falou sobre isso: “Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma. Como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou. (João 5:30).

Segundo a Bíblia, Jesus deixou bem claro que a vontade de Deus não é salvar apenas VC, sua família e sua igreja, mas ALCANÇAR os povos ATRAVÉS de você, de sua família, de sua igreja, e de outros meios.

Veja o que Jesus falou acerca disso:

“Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe (Mt. 12:50). E, em Mateus. 19:29), Ele disse que todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna” (Importante: não confundir com “abandonar” ou “desonrar” a sua família).

Para fazer parte da família de Jesus é necessário primeiramente fazer a vontade do Pai.

Todos os discípulos do Mestre Jesus, e todos que somos os seus seguidores hoje, devemos fazer a vontade do Pai. Nenhum dos apóstolos tiveram dúvidas quanto a isso, e, por isso mesmo não se perderam pelo caminho. A pergunta que eles fizeram uns aos outros não foi “qual é a vontade de Deus agora?”, Jesus já havia dito e repetido a eles essa parte. A pergunta que foi feita em Atos 2, no início da igreja foi “O que faremos?” A resposta de Pedro poderia ser “bom, agora vamos para as nossas casas, viver a vida, e, sejamos todos felizes para sempre”. Não! Ele respondeu: “arrependam-se, sejam batizados para que recebam o dom do Espírito Santo.”

Ele respondeu assim porque havia algo de errado levar a vida de forma comum!! Havia necessidade de mudança na prática da fé cristã! Havia algo além do comum ou além daquilo “de sempre!” Deus é inesgotável!! Eles sabiam que Deus, o Pai, desejava ardentemente salvar, restaurar e multiplicar o reino Dele compartilhando-o com os homens. Ora, os batizados e os convertidos passaram a cumprir a vontade de Deus. Ainda em Atos 2:47, a história narra a igreja buscando ensino, comunhão, alegria, e, é claro que havia algo a mais. Essa diferença na sociedade contava com a “simpatia de todo o povo”, e, havia acréscimo de salvos na comunidade cristã.

Reflita! Se em sua comunidade, isso não está acontecendo algo está estranho em relação à vontade de Deus! Se há muitos entretenimentos e festas, estudos bíblicos, repetições, cansaço, depressão, eventos de excelência, rotinas empolgantes, muita movimentação, ativismo e tudo mais… No entanto, se não está acontecendo a conversão de almas, novas almas, é provável que essa comunidade esteja, se esforçando muito com outras coisas, menos com a vontade de Deus.

Entenda, tudo deverá culminar para a salvação de novas almas, e todo o foco da igreja deve ser o acréscimo de novos salvos no reino de Deus, não por metas ou pressão como funcionam as indústrias e o comércio. Nada de pecúnia para ganhar votos ou troca de favores nem “uma bênção” ou “um bem”, nem troca de moedas para garantir um inchaço físico e matemático. Nem troca de religião, nem troca de interesses, nem troca de denominação, nem teologia, nem sistemas políticos, nada disso pode vir a fazer sentido sem o motivo principal do evangelho, que é o acréscimo de almas novas, através da ação do Espírito Santo, quando esta alma crê em Jesus, confessando-o com a sua própria boca que Jesus é o Senhor e Salvador, e passa a ser discipulada, consolidada e direcionada viver e a experimentar à vontade de Deus.

O centro da vontade de Deus

Talvez você, com um ceticismo ou religiosidade aguçados, possa estar buscando erros nas entrelinhas deste texto. Talvez você pense que Deus é um manipulador, atraindo as pessoas para o “centro da vontade Dele”. Ora, que Deus, então, seria tão egoísta, criando um monte de serviçais e robóticos, que não questionam nada de suas vidas, e, caminham para o centro de uma vontade que não é própria?

Pense bem, enquanto você não está percebendo qual é a vontade de Deus para a sua vida, você nunca deixará de ser um escravo do mundo e das coisas de lá! O mundo manipula, engana, adoece, escraviza, mente, não ama, não salva. Jesus, porém, liberta, cura, ama e salva!! Então, cada “servo” sirva ao Senhor que bem lhe aprouver, e aguarde a salvação dele. O servo que estiver certo viverá livre para sempre, mas o servo que continuar escravo, morrerá escravo para sempre!!! Você pode escolher entre ser filho da desobediência ou filho da restauração do reino eterno de Deus.

No entanto, Deus é amor! Ele não prepara servos, ele nos fez filhos! Ele também não nos chama de “servos”, e, sim de amigos Dele como está escrito:

“Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer.” (João 15:15).

Seria tão bom que cada incrédulo pudesse ler o Livro de João. Ora, todos os esforços do Senhor estão direcionados para salvar a humanidade do mundo das trevas. Nenhum outro sistema inteligente no mundo prevê um plano tão amoroso e tão perfeito quanto este. Vejamos o que diz (com muita simplicidade, mas com grande poder) João 3:16:

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu único Filho, para que todo aquele que Nele crer, não pereça, mas tenha a vida eterna.

A vontade de Deus é que você creia que ele o ama, e Ele planejou salvar você! Não se preocupe com as más notícias, Ele vai salvar você através do sacrifício de Jesus! Essa notícia é que a Bíblia chama de “Boas Novas”. Essa notícia é a que vale mais do que qualquer outra notícia!!

O reino dos céus começa na terra

A vontade do homem é ser feliz e, para alcançar essa “tal felicidade”, sem conhecimento da Palavra de Deus, o homem foge do foco do reino e se distancia da vontade centralizada de Deus!! Veja bem, não estamos nesta terra apenas para nascer, crescer, envelhecer e morrer! A Bíblia diz que isso seria infelicidade demais na terra: Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens. (1 Cor. 15:19)

Qualquer necessidade ou esforço que se faça por causa de sua fé para ter saúde e felicidade, qualquer atividade acadêmica, física, intelectual, emocional ou espiritual; qualquer sucesso atingido ou a atingir em sua vida, sua família, seus amigos, seu casamento, etc, estes serão MEIOS de se chegar à revelação e à obediência à genuína vontade de Deus, que é anunciar o evangelho de salvação aos povos, começando em casa, e, depois até os confins da terra! O reino dos céus começa na terra! Os judeus achavam que era somente para eles, mas Jesus trouxe uma nova revelação aquele povo acerca do propósito de Deus. A vontade do Pai iria ser estabelecida além das fronteiras de Israel através de Jesus!

 “… Seja feita a Tua vontade, assim na terra, como no céu…”.

Ser feliz é apenas um passo para se fazer a vontade do Pai. Em outras palavras, busque em primeiro lugar o reino de Deus e os seus amigos serão acrescentados, o seu casamento será acrescentado, busque em primeiro lugar o reino de Deus e a sua família será acrescentada e a sua vitória chegará!

“No céu não há várias vontades, só a vontade de Deus. E, nós O agradamos quando realizamos a Sua vontade” (Luiz Hermínio).

A vontade de Deus não é perversa como a vontade do homem. Podemos daqui extrair que Deus deseja que os homens abandonem a maldade de seus corações. Que os homens abandonem a perversão, a crueldade, a impiedade, a ira e ódio. A vontade de Deus para a terra é que os pecadores abandonem a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria. Que os homens abandonem a inimizade, a porfia, o ciúme, a discórdia, os partidarismos, as facções. Deus deseja também, que o homem abandone a inveja, a bebedice, e coisas exageradas e escandalosas, que são as obras da carne. Para estes a vida é cruel, curta, e a morte eterna é certa! Não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam (Gálatas 5:21).

Mas, então, o que fazer? Arrependa-se! (lembrar de Atos 42). Experimente o céu, antes de conhecê-lo melhor. Converta todas aquelas trevas em amor, alegria, paz, longanimidade, bondade, benignidade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Para estas coisas em que não há condenação.

Não pense que no céu haverá um monte de zumbis. Lá haverá uma multidão de salvos, livres e não condenados.

Deus não é um carrasco desejando condenar a humanidade com a sua ira. A vontade Dele é por salvar a humanidade dos caos que ela mesma criou. Deus é bom! A sua vontade é boa, perfeita e agradável.

Reflexão

No passado, os filhos de Heber (povo hebreu) tinham uma missão a cumprir no planejamento de restauração do reino de Deus na terra. Depois de muito sofrimento, e também vitórias, eles geraram a JESUS, raiz de Davi.

JESUS chegou com um único foco! E sem perda de tempo ou distrações, indo direto ao assunto, Ele cumpriu a sua missão também. Jesus não fez nada mais além do que obedecer imediata e inteligentemente a vontade do Pai. Jesus foi inteligente, sim. Porém, acima disso usou de “sabedoria”. A sabedoria sobrepuja a inteligência. A Bíblia diz que sábio é aquele que ganha almas. (Provérbios. 11:30).

Saulo era um jovem, que pensava servir a Deus através da força de sua religião, ele se tornou um homem muito inteligente, mas tudo o que ele consegui fazer com a sua inteligência e religiosidade foi amontoar uma carga de obras religiosas que não valiam nada, e pior que nada na visão de Deus, (Fil. 3:7-8). A religião, e o propósito errado o transformara num homem orgulhoso, duro e cruel ( I Tim. 1:13); Atos (26:9-11), até que ele foi atraído para o centro da vontade de Deus (Atos 9). Ele descobriu que longe de ser um sucesso religioso que pensava ser, ele estava vazio de Cristo, e distante da missão que seria confiada a ele por Cristo.” (Davi Gooding & John Lennox, “Cristianismo, o ópio do povo?”, pág. 131, com leve adaptação).

E, quanto a Jesus, Ele deu a verdadeira missão a Paulo. Ele ensinou o que fazer, como fazer, quando fazer e quem irá fazer, onde fazer e por quê fazer a vontade do Pai! O apóstolo disse “sim” a Cristo para fazer a vontade de Deus.

Você pode dizer “Eis-me aqui, também Senhor?” Quero ser obediente igual a Jesus! Quero fazer a Tua vontade.

Oração:

Pai, quando eu escolho viver somente através da minha vontade, eu me perco da Tua vontade, e as consequências são cruéis. Daí, vem a fadiga, o cansaço, a desmotivação, e até a depressão deseja me assolar a alma e me desviar de teu planos de amor.

Mas, agora, me ajude a entender que todas as áreas de minha vida são MEIOS para se chegar a um FIM, que é fazer a Tua vontade, me preparando com alegria para convidar mais pessoas para a salvação. Agora serei mais alegre e motivado, seja estudando, seja trabalhando, seja sofrendo, seja cheio de saúde, descobri que todas estas coisas me levarão a cumprir a Tua vontade para mim, para os meus queridos e para toda a humanidade. Descobri a felicidade quando te faço feliz!!

Mas, esta bênção não desejo somente para mim, para a minha família e para a minha igreja como se fosse um FIM. Mas, agora sei que há mais almas que desejam receber a compaixão de Deus através de mim, de minha família e de minha igreja. Agora entendi a Tua vontade! Isto é bom, perfeito e agradável,

Me ajude também a não perder mais tempo com coisas irrelevantes as quais Jesus nem valorizou. E, me leve a valorizar aquilo que Jesus valorizou em obediência direta ao Pai. Me ajude a ser fiel até o fim, em nome de Jesus, amém!

Disse Jesus:

“E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia. (João 6:39).

Até a próxima!

Claudinho Santos

Twitter: @MinisterioAdore

_______________________________

Artigos e livros recomendados:

“A história de Jerusalém”, Claudionor Corrêa de Andrade;

“Venha o Teu Reino”, Tom Hess;

“O Reino de Deus, Perpétuo & Inabalável”, Luiz Hermínio;

“Cristianismo, o ópio do povo?”, David Gooding & John Lennox, (Chamada da Meia Noite).

“Meu Reino não é deste mundo”, Claudinho Santos, http://estudos.gospelprime.com.br/reino-nao-mundo/



Claudio Santos

Claudio Santos

Fundador das Missões Adore no Brasil e da Escola do Reino. Com mais de 30 anos de vida cristã, Claudinho, além de pastor, é músico e conferencista. Tem formação em teologia, missiologia e capelania prisional. Membro do Conselho de Pastores de SP, é coordenador das Missões Adore na Amazônia. #quevenhaoteureino; #missõesribeirinhas. #missõesurbanas


Deixe seu comentário!