MENU

Por que estamos endividados?

O que a mente de Cristo diz a respeito do trabalho e do crescimento financeiro?


Por que estamos endividados?

Diante de tantas críticas a respeito da Teologia da Prosperidade, concordo com o Pastor Marco Feliciano que há uma prosperidade que vem do Evangelho. Há inúmeros meios de ter prosperidade neste mundo, mas há um caminho para Deus.

Partindo do princípio, Deus criou o trabalho. O Senhor plantou um jardim e deu a responsabilidade de cultivo a Adão que tinha livre acesso a todos os frutos do jardim, exceto um.

E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, (Gênesis 2:15,16)

Porém, com a queda do homem, a natureza do trabalho mudou, o que o homem poderia usufruir livremente passou a ser custado pela dor e suor:

E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo. No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás. Gênesis 3:17-19

Interessante observar que não só a natureza do trabalho mudou como a terra em si foi amaldiçoada, transformando jardim em campo que clama pelo que dela foi tomado: o pó que fez o homem. Portanto, enquanto houver morte física, a terra estará maldita.

Posso concluir que o sistema de trabalho atual ainda é uma maldição, portanto podemos ser ricos e malditos, assim como podemos ser pobres e malditos. A riqueza não depende da fé que se professa. Riqueza e pobreza é consequência de um estado mental que gera ação ou ócio.

Porém, como Deus está envolvido em toda a vida do homem, até antes mesmo dele existir, sim, há um caminho de prosperidade financeira nas nossas vidas, o primeiro passo é formar a mente de Cristo em nós.

O que a mente de Cristo diz a respeito do trabalho e do crescimento financeiro?

O Espírito capacita o homem para todo tipo de trabalho

Depois falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Eis que eu tenho chamado por nome a Bezalel, o filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, E o enchi do Espírito de Deus, de sabedoria, e de entendimento, e de ciência, em todo o lavor, Para elaborar projetos, e trabalhar em ouro, em prata, e em cobre,E em lapidar pedras para engastar, e em entalhes de madeira, para trabalhar em todo o lavor. Êxodo 31:1-5

Antes de você, a prioridade é o outro

Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade. (Efésios 4:28)

Jesus está olhando a motivação para com os outros

E, estando Jesus assentado defronte da arca do tesouro, observava a maneira como a multidão lançava o dinheiro na arca do tesouro; e muitos ricos deitavam muito. (Marcos 12:41)

Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. (2 Coríntios 9:7)

Ser agradecido pelo que tem hoje é a fonte de lucro

De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro, pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar; por isso, tendo o que comer e com que vestir-nos, estejamos com isso satisfeitos. Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos. (1 Timóteo 6:6-10)

A decisão de vida financeira boa é nossa

Assim, achei necessário recomendar que os irmãos os visitem antes e concluam os preparativos para a contribuição que vocês prometeram. Então ela estará pronta como oferta generosa, e não como algo dado com avareza. Lembrem-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente. Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer que lhes seja acrescentada toda a graça, para que em todas as coisas, em todo o tempo, tendo tudo o que é necessário, vocês transbordem em toda boa obra. Como está escrito: “Distribuiu, deu os seus bens aos necessitados; a sua justiça dura para sempre”. Aquele que supre a semente ao que semeia e o pão ao que come, também lhes suprirá e aumentará a semente e fará crescer os frutos da sua justiça. Vocês serão enriquecidos de todas as formas, para que possam ser generosos em qualquer ocasião e, por nosso intermédio, a sua generosidade resulte em ação de graças a Deus. (2 Coríntios 9:5-11).

A prosperidade financeira é algo que flui naturalmente quando temos a mente de Cristo e quando tomamos ação de trabalho para prosperar dentro da justiça de Deus.



Jornalista e autora cristã.

Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!

Mais notícias