Pragmatismo religioso

Eles estão apenas interessados em encher o bolso de dinheiro e estragar o seu relacionamento com Deus


Pragmatismo religioso

O pragmatismo está sistematizado no evangelicalismo brasileiro. O pragmatismo consiste em pregar não o que é certo; mas o que dar certo.

O povo procura, e o pregador dá ao povo o que eles exatamente procuram. O ministro satisfaz os desejos e pretensões de seus seguidores com a finalidade de que os mesmos sacrifiquem ofertas exorbitantes aos seus pés, e seu rebanho cresça sobremaneira.



Muitos advogam em prol da sua igreja dizendo: “nossa igreja é de Deus, e a prova disso é que ela tem crescido”. Nem toda igreja que cresce numericamente tem seu crescimento resultante da bênção de Deus.

Como diz o ditado popular “nem tudo que reluz é ouro”. Muitas congregações crescem tão somente por serem​ pragmáticas.

Ao chegarmos em uma igreja não devermos ser atraídos por milagres, profecias, visões e prosperidade, nem muito menos pela grande quantidade de fiéis.



Mas sim, pelo ensino fiel das Escrituras, se não houver, precisamos tomar distancia dessas congregações. Pois, onde não prevalece o ensino sagrado, não há homem de Deus liderando.

Entretanto, há um falso profeta que está apenas interessado em encher o bolso de dinheiro e estragar o seu relacionamento com Deus.

Portanto, se você tem congregado ou frequentado um reduto evangélico pragmático, medite e aplique este texto em sua vida: “Sai dela, povo meu” (Apocalipse 18.4). Antes que seja tarde demais!



Moisés Soares

Moisés Soares

Pregador do Evangelho, escritor, acadêmico de Direito e estagiário do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas.


Deixe seu comentário!