MENU

Eu queria ver Jesus (2)

Sabe… Ainda estou com aquele desejo de ver Jesus. Desejo que aumenta a cada dia quando vejo as expressões de cristianismo expressa por onde ando, programas que assisto, pessoas com quem converso, enfim eu queria ver Jesus só pra conferir qual seria suas reações. Queria ver Jesus dizendo que as aves dos céus têm seus […]


Sabe… Ainda estou com aquele desejo de ver Jesus.

Desejo que aumenta a cada dia quando vejo as expressões de cristianismo expressa por onde ando, programas que assisto, pessoas com quem converso, enfim eu queria ver Jesus só pra conferir qual seria suas reações.

Queria ver Jesus dizendo que as aves dos céus têm seus ninhos, mas o filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. Queria ver qual seria a expressão de seu rosto diante de doutrinas que pregam o ter, ter, ter quando o próprio mestre mandou construir um tesouro no céu.

Queria O ver lavando os pés dos discípulos e comparar com o que vemos hoje de lideres “mega-poderosos” que fazem de sua igreja local um império de poder a serviço próprio.

Queria ver a expressão de sua testa quando disse que o maior no reino de Deus tem que ser o menor. Pois a pessoas que se acham “ungidos de Deus”, se valem da prerrogativa de não serem nem questionados em seus atos mais absurdos.

Queria vê-lo caminhando distâncias e distâncias pra pregar o evangelho e depois comparar com os que só querem evangelizar no conforto da luxuosidade moderna.

Queria ver quando ele recebeu o décimo leproso, que veio agradecer, e perceber que os outros nove não vieram. A minha curiosidade é saber se a expressão dele seria a mesma de saber que hoje a multidão dos maus agradecidos aumentou consideravelmente.

Pode até ser que eu esteja enganado, mas com a minha busca posso até ver Jesus, mas não será nessas expressões ralas de cristianismo que temos hoje.

Creio que ele está no evangelho mais simples, em gente “que não é” e confunde os que são. Em pessoas simples que fazem de sua vida uma gratidão permanente a Deus. Nos domicílios mais simples que não têm uma comida requintada, mas sabe orar e agradecer pelo alimento. Que posso vê-lo habitando entre nós, cheio de graça e verdade dentro de um coração contrito e verdadeiro – sim ele pode ser visto em você.



Tenho 40 anos, sou profissional de informática, estudante de Teologia, tenho uma linda família que Deus me deu de presente, faço parte do Ministério de Visitação da Igreja Assembleia de Deus Bom Retiro em Guaratinguetá e anseio andar com Deus todos os dias.


Deixe seu comentário!


Mais notícias