Saiba gastar menos do que ganha

“Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: Nunca o deixarei, nunca o abandonarei". (Hebreus 13:5)


Saiba gastar menos do que ganha

Caros irmãos

Vejo que muitos têm dificuldade para organizar as finanças e não conseguem identificar ao menos o motivo. Com muito pesar, vos digo que não são poucos os que deixam o dinheiro falar mais alto em suas vidas, chegando a amar mais o metal do que a Deus. A falta de controle se dá, na maioria das vezes, porque há na pessoa o perigoso desejo de gastar mais do que tem.

Não quero aqui sugerir que você se sinta satisfeito com o que ganha, muito pelo contrário, é fundamental buscar sempre melhorias em nossa vida, tanto material quanto espiritual. Contudo, estabelecer estratégias e conquistar aumentos na renda é algo que demanda tempo. É muito importante que você o faça, mas neste momento podemos pensar em ações mais rápidas.


  Psicólogo ajuda cristãos a vencer o vício da pornografia


Se as contas não estão fechando, é a hora de repensar totalmente as finanças, repensar o seu padrão de vida. Pode parecer difícil, mas é fundamental observar que não é sustentável viver uma realidade que não é a sua, trata-se de uma mentira insustentável. Saiba, cortar excessos é uma atitude necessária em nossas vidas.

Um ponto em que é preciso ficar atento é o dos pequenos gastos, das despesas e compras feitas de forma desordenada e acabam se tornando grandes ralos por onde escoam as economias. Você sabia que, em média, 25% dos gastos mensais são supérfluos e/ou desnecessários? As pessoas sempre dizem que não têm mais de onde reduzir os gastos, mas, ao fazer uma boa análise, observam que é sim possível.

É preciso fazer um diagnóstico da vida financeira por 30 dias, anotando tudo o que gasta, separando por tipo de despesa, incluindo cafezinhos e gorjetas. Assim, verá uma realidade muito diferente da que imagina. Mas ressalto que não se deve virar escravo dessa anotação, pois, quando vira rotina, perde a eficácia.

 Veja que é muito mais uma questão de mudança de comportamento do que saber fazer contas ou ter que se privar de algo. Quando temos metas bem definidas em nossas vidas, poupar não se torna um martírio e sim um estilo de vida, algo saudável e positivo para termos condições de seguir em nossa missão na Terra.



Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira. Está a frente do canal Dinheiro à Vista e é autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil.


Deixe seu comentário!