Sangue de Cristo ou purgatório?

O Sangue de Cristo nos purifica de "todos os pecados" 1 João 1:7


Sangue de Cristo ou purgatório?

…e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado”.

Muitas pessoas ficam atemorizadas, perdidas, perplexas quando se pergunta a respeito de sua morte. Elas chegam até afirmar que Deus é quem sabe os seus destinos, outras usam até o jeitinho de rezas pós-morte, rezas de sete dias, um mês e um ano.



Oram por parentes, amigos que, já falecidos, dormem e aguardam o juízo final acompanhado por todas as obras por ele praticadas. Não cabe a nós julgarmos. A Bíblia, a palavra de Deus, nos relata a respeito do destino do Rico e de Lázaro em Lucas 16; 22-24. 22: “E aconteceu que o mendigo (Lázaro) morreu e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico e foi sepultado. E no Hades (lugar de tormentos) ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio”… E prossegue a parábola.

A mentira chamada de purgatório

Como falei no começo a respeito de orações por quem já partiu, veja o que diz o versículo 26: “E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quiserem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá”. Este versículo está se referindo aquele que parte com Cristo e aquele que parte sem Ele. O versículo comprova que toda a interseção e orações por aqueles que já se foram estão nulas, pois isto não poderá reverter a situação daqueles que já partiram.



O Sangue de Cristo nos purifica de “todos os pecados” 1 João 1:7

A Bíblia a Palavra de Deus nos relatam que precisamos confessar a Jesus Cristo como salvador e arrependermos de todos os nossos pecados. Só assim garantiremos a nossa vida eterna.

Amados nós poderemos até tentar viver sem Cristo, mas com certeza será terrível morrer sem Ele. Veja o que diz a mensagem da cruz: Lucas 23: 39 a 43. Estando Jesus entre os dois ladrões, um zombava, escarnecia e até desafiava a Jesus, se Ele realmente fosse filho de Deus que descesse da cruz e salvasse a Ele mesmo e os outros, enquanto o outro o repreendia, veja o versículo 40,41 e 42: “Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez. E disse a Jesus: Senhor lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. E disse Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso”.

Poderia ser três mortes e um único destino, (seio de Abraão – Paraíso), mas a Bíblia relata que só um escolheu, reconheceu e arrependeu-se de todos seus feitos. Estes malfeitores tiveram uma chance de ouro, digamos assim “aos 45 minutos do segundo tempo” de se arrepender, simplesmente estavam diante da Vida Eterna, diante do Filho de Deus, diante do único e suficiente Salvador.

Não é diferente nos dias de hoje, vemos muitos a dizer que Deus é quem sabe o seu destino. Nós vemos Jesus Cristo dando a muitos, todos os dias, mais uma chance de conhecê-lo, mas vemos pessoas que estão vivendo e agindo como aquele malfeitor, que mesmo estando em situações difíceis, irreversíveis, não confessam, não aceitam Jesus como seu Único Salvador, não querem se quer ouvir falar nesta Vida. Além de sofrerem nos seus dias irão sofrer o juízo final, por ter negado e não aceitado a Vida Eterna.

Caro leitor se você não se decidiu, ainda há tempo; não deixe para última hora, pois não sabemos se iremos ter uma oportunidade como aquela que o ladrão arrependido na cruz, teve.

Por mais que seja tua dor, o teu sofrer, eu te digo que: Jesus pode curá-lo e resolver todos os teus problemas. Aceite-O, o Autor da Vida e confesse com tua boca e tua alma que só Jesus é o único e suficiente Salvador. E terás como Prêmio a Vida Eterna com Cristo nosso Senhor. Amém.

Por Josiel Dias



Josiel Dias

Josiel Dias

Sou Cristão evangélico, Presbítero da Igreja Congregacional em Alcântara São Gonçalo RJ, Blogueiro ,[Mensagem Edificante para Alma] Servo por misericórdia, Salvo pela Graça.


Deixe seu comentário!